21 novembro 2011

Os Crimes do Amor: Quando Sade quis escrever a gosto do público.


Olá!

Aqui estamos para mais um livro em pauta e nosso encontro aconteceu no último domingo dia 20/11/11.

Este livro foi indicado por mim, porque eu já tinha lido o livro há alguns anos atrás e quis compartilhar uma obra clássica, pois costumo ler mais os clássicos e romances históricos (rs).

Quem já leu algumas obras de Marquês de Sade como “120 dias de Sodoma” ou “Justine”, vai se impressionar ou se decepcionar com os contos de “Os Crimes do Amor”.

Para quem ainda não leu, aconselho primeiramente atentar-se a apresentação, aliás, ótima apresentação do livro por Marília Pacheco e Elaine Moraes que explica muito bem a obra e Sade.

“Se a crueldade aqui é mais psicológica, se a tortura é mais cerebral, se o suplício é mais fantasmático – deixando o corpo em silêncio – nem por isso a dor é menos pungente” descreve Elaine em sua apresentação e acrescenta:

“Este outro Sade é, no fundo, o mesmo”.

Há uma nota sobre romances (ou “A arte de Escrever ao Gosto do Público”) do próprio Sade, que deve ter sido a inspiração para uma parte dos contos que estão por vir: A Dupla Prova, A Torre Encantada, O Criminoso por Virtude e A Rival da filha.

Essa segunda leitura depois de alguns anos, me foi mais prazerosa e acredito que seja pela maturidade adquirida com o passar do tempo.

Os dois primeiros contos são fantasiosos e os outros dois contos são trágicos. É possível que seja um exemplo do que ele descreveu como romances para agradar ao público e a censura na época da Revolução Francesa. Elaine Moraes explica que o “editor Massé publicou ‘Os Crimes do Amor’ sob outro subtítulo que revela outro critério de compilação – ‘Novelas Heroicas e Trágicas’.”.

Sendo assim, estes contos são considerados “leves” em minha opinião, mas isso vai depender da concepção de cada um. Não é possível fazer comparações com outras obras do Marquês, porque é uma obra com proposta diferente.

Nosso próximo livro será “Feliz Ano Novo” de Rubem Fonseca! Então, haverá mais encontros, mais livros, mais colaboradores e mais opiniões.

;)