30 abril 2012

Livros sem preconceito: Diário de Uma Garota Atrevida

Primeiramente, gostaria de agradecer a escritora Karina Dias que  nos disponibilizou este livro para sorteio no mês de Maio/2012.

Não pude resistir de curiosidade para lê-lo, já que não me lembro de ter lido qualquer livro destinado ao público homossexual, principalmente com a temática mais atual.

Diário de uma Garota Atrevida são relatos das descobertas da adolescente Mari que a partir de um beijo em sua primeira “balada” descobriu que gostava de meninas.

No estilo “diário adolescente” com linguagem fácil e leve, a personagem Mari narra suas dúvidas, conquistas, paixões e suas primeiras relações sexuais com mulheres, além de relatar alguns conflitos e os medos que sua orientação sexual proporciona numa cultura em que a homossexualidade ainda é um tabu.

Apesar da imaturidade transmitida pela adolescente (que é próprio dessa fase de nossa vida), ela vai aprendendo com seus erros e ansiedades.
Uma das frases que mais gostei do livro está relacionado à uma desilusão amorosa que Mari teve ao longo de sua história:

“Tudo é tão descartável quando está à mão, não é? Mas depois que acaba parece que a saudade toma o nosso peito para sentirmos remorso pelo pouco valor que damos as coisas simples da vida.”

E por fim, Mari também aprende:

“Descobri que não adiantava brigar com o coração pois ele era desobediente, não seguia ordens, muito menos era irracional.”

Diário de uma Garota Atrevida foi publicado pela editora Brejeira Malagueta que é dirigida por mulheres assumidamente lésbicas e focada em publicar escritoras que escrevem para o público feminino homossexual.