27 abril 2012

Um Lugar Especial

Eu não tenho o costume de comprar um livro sem conhecer. Sempre compro quando já li algum comentário a respeito ou quando algum amigo indicou. Mas em algum domingo desses eu estava fuçando as prateleiras da Martins Fontes e dei de cara com Um Lugar Especial, de Peter Straub. Eu não conhecia o autor, mas após ler comentários de Clive Barker e Stephen King na capa e na contracapa, decidi comprar.

Um Lugar Especial nos traz Keith, um garoto Milwaukee que começa a desenvolver uma mórbida fascinação por torturar e assassinar animais.
Seus pais estão certos de que o tio Till está conversando com o garoto para que ele pare de fazer tais coisas. Mas Till está ensinando coisas um pouco macabras para o sobrinho. O livro começa com Till explicando como deve ser o tal "lugar especial" que Keith deve ter para continuar com seus vícios mórbidos. 


A capa é ótima e casa perfeitamente com o que o livro quis passar. Já li diversos livros que me causassem desconforto, mas neste aqui a dose foi um pouco alta. O autor não se aprofundou nas vidas dos personagens, apenas dividiu a história em 3 partes e foi contando o desenvolvimento de Keith em seu "lugar especial". É um livro curto, mas muito interessante, principalmente para quem gosta do tema. 

No final do livro temos um pós-escrito de Gary K. Wolfe onde ele nos conta que Um Lugar Especial antecede o livro Dark Matter, no qual Keith é um dos personagens. Peter Straub ainda é pouco conhecido no Brasil, apesar de alguns de seus livros terem sido publicados aqui na década de 80. Espero que Dark Matter seja traduzido, para sabermos o que aconteceu com Keith. 

Peter Straub