31 maio 2012

Horror em Amityville

"Até onde me foi possível verificar, todos os acontecimentos narrados neste livro são verdadeiros" - Jay Anson

Sinopse: Em 13 de novembro de 1974 a polícia do condado de Sufolk recebeu uma chamada telefônica que a levou ao endereço 112 Ocean Avenue, Amityville, Long Island. Dentro da casa a polícia encontrou um crime brutal: o assassinato de uma família inteira enquanto dormia. Poucos dias depois, Ronald Defeo Jr. admitiu que usou um rifle para matar os pais e seus 4 irmãos, alegando ter ouvido vozes que vinham de dentro da casa e que o influenciaram a cometer os crimes. Um ano depois George e Kathy Lutz se mudam com os filhos para a antiga casa dos Defeo. Não demora muito para que estranhos eventos comecem a acontecer, afetando a vida da família e indicando que uma presença maligna está oculta na casa. 28 dias depois, os Lutz abandonam a casa e todos os seus pertences.

Kathy e George Lutz
Os assassinatos cometidos por Defeo em 1974 são verídicos (leia a história aqui). O livro se apresenta, conforme a primeira página, como um relato verídico dos acontecimentos durante os 28 dias em que os Lutz moraram na casa - ou seja, o foco não é exatamente no assassinado da família Defeo, e sim na família Lutz. No próprio epílogo, Jay Anson afirma que fez inúmeras pesquisas, entrevistas, que comprovam os fatos relatados. Mas isso tem sido contestado; vi em vários sites que é como se o livro fosse "A Bruxa de Blair".  Mas nada disso diminui a qualidade e o potencial perturbador da obra. Muitas pessoas dizem que o livro é mal escrito, mas não considero isso. Não é uma narrativa, são apresentações de fatos, de uma forma documental, quase jornalística, seguindo uma ordem cronológica. É bem fácil acreditar em tudo o que a história conta. Mais fácil ainda é ficar aterrorizado e com mania de perseguição. :)

Quando os Lutz compram a residência de nº 112, na Ocean Avenue, eles sabiam sobre os eventos acontecidos no ano anterior: Ronald Defeo assassinara os pais e 4 irmãos. Mas eles não se consideravam supersticiosos, e a casa, enorme e bela, era uma pechincha. Mas tão logo eles se mudaram, coisas absurdas começam a acontecer, e eles se questionam se estão ficando loucos.
Mansão em Amityville, na rua Ocean Avenue
Portas e janelas eram arrancadas e quebradas, móveis mudavam de lugar, sensações estranhas mudavam o comportamento dos Lutz e os tornava agressivos, cheiros bizarros surgiam e desapareciam. O padre que foi chamado para benzer a casa começou a sofrer com dores, náuseas e teve estigmas nas mãos por vários dias. Todos que eram convidados a entrar na casa sentiam uma presença "estranha", e saíam para nunca mais voltar.

Uma crescente de acontecimentos de horror acontecem com o passar dos dias, e muitas coisas são realmente assustadoras. Apesar de ser acostumada com livros e filmes de horror, cheguei a sonhar com algumas passagens (principalmente porque só lia antes de dormir). Consegui me colocar no lugar dos Lutz em algumas partes, e a descrição dos acontecimentos era feita de forma crua e direta, e nos dava uma perfeita dimensão do que aconteceu na casa e com a família.

O livro tem muitos clichês, sim, e não é um primor de literatura, mas eu recomendo fortemente. Encontrei no sebo por R$5,00, já vi gente que comprou por R$1,00, então é bem fácil e barato de adquirir. Recomendo!