Dose Literária na Bienal do Livro 2012 - SP

O Dose Literária esteve na 22ª Bienal do Livro de São Paulo e é com o peito transbordando de alegria e com um sorriso que mal cabe no rosto que venho contar-lhes sobre este passeio delicioso e o sucesso que o Dose fez pelos corredores do parque de exposições Anhembi, neste domingo (12).

Assim que nos encontramos na Rodoviária do Tietê, almoçamos eu, Michelle e Patrícia, pois as baterias precisavam estar recarregadas para esta jornada literária.
Após o almoço, na própria rodoviária havia transporte gratuito para os visitantes da Bienal, não ficamos nem 5 minutos na fila do ônibus, e com mais 10 minutos já havíamos chegado.

Parte da equipe do Dose Literária devidamente uniformizada
Patrícia, Eni e Michelle
Ao chegar na bilheteria por volta das 14h compramos as entradas (inteira R$12 e meia R$6), e assim que colocamos os pés lá dentro mal sabíamos por onde começar o passeio, boquiabertas nos sentimos na Disneylândia dos livros!

Público na Bienal do Livro - SP 12/08/12
Por ser Dia dos Pais o pavilhão estava cheio, mas não lotado como já presenciei em edições anteriores, deu para circular livremente, não haviam filas enormes nos caixas, e com tranquilidade pudemos folhear os livros, consultar os preços, visitar os stands das nossas editoras preferidas, conversar com alguns dos visitantes e distribuir os marcadores.

Stand da editora Leya
Levamos 100 marcadores do Dose e absolutamente todos eles foram distribuídos! Muitos visitantes nos abordavam para pedir um marcador também, curiosos para saber o que era o Dose Literária e elogiando muito o nosso trabalho, felicidade plena. :)

Meninas do Dose (verso)
A infraestrutura do evento é de primeiro mundo, o alto investimento para receber os visitantes e lhes proporcionar conforto era visto a cada corredor que percorríamos. Com acesso livre para cadeirantes, banheiros limpos, ar condicionado, segurança, praça de alimentação, mapa de localização dos stands, programação dos eventos à disposição do público, diversas atrações culturais acontecendo simultaneamente e profissionais preparados para receber os visitantes.

Mauricio de Sousa em tarde de autógrafo
De repente, ao passar por uma pequena fila formada olhamos para o lado e quem encontramos autografando livros e gibis? Mauricio de Sousa, o pai da Turma da Mônica, num quase corpo-a-corpo com os leitores, super simpático e atencioso com todos.

Eu e Michelle fazendo graça na stand da
Martin Claret
E os stands em que mais nos perdemos, enlouquecemos, ficamos falidas e quase choramos por não ter mais dinheiro foram as da L&PM, Rocco, Leya, Record, Martin Claret, Fábrica das Letras, Comix Book, Jotapê, Saraiva, Escala e Panini.
E haja pernas para rodar por todo o pavilhão!

Nessa imagem dá para ter uma ideia da dimensão que tem este lugar. À esquerda estão as diversas lanchonetes com mesinhas e cadeiras confortáveis para descansar, fazer uma boquinha, ler um livro e conferir a programação de eventos e Salões de Ideias que estavam rolando com Cecília Amado (cineasta e neta de Jorge Amado) falando sobre a obra Capitães de Areia que recentemente foi adaptada para as telas; debates com ganhadores de Prêmios Literários deste ano no Brasil; um show de Tom Zé; um debate com o mestre do terror do cinema brasileiro José Mojica Marins, o Zé do Caixão; no Espaço Jovem 6 autores, entre eles André Vianco e a americana Sarah-Bakley-Catwright estavam numa conversa sobre Lobisomens e Vampiros à Solta; dentre outras inúmeras atrações para se curtir entre uma compra e outra.

Pausa para descanso, já com as sacolas cheias de livros :)
O único porém foi na hora de fazer um lanchinho, desde a água mineral R$2 até o pastel de carne R$4 e o cafézinho R$4, estavam absurdamente caros. O segredo para quem quer gastar só com livros é encher garrafinhas de água nos bebedouros que ficam nas entradas dos banheiros e levar um lanche de casa.

Fim da feira, exaustas, felizes e cheias de sacolas
O saldo foi positivo. Gastamos muito (mais do que devíamos ou podíamos, mas como resistir?), mas nos divertimos muito também, foi um passeio memorável pra toda a vida! As queridas Anna Costa (Porto Velho - RO) e Mara Vanessa (Teresina - PI) que não puderam estar com a gente nesse evento em presença física, não foram esquecidas e estavam conosco dentro do coração e em pensamentos.

E se vocês quiserem saber quais livros compramos (ou deixamos de comprar rs), esta semana faremos posts individuais com as aquisições de cada uma.
Acompanhem!

Imagens por Wagner Pinheiro.

Comentários

  1. coisa boa é sair da bienal com as sacolas cheias <3
    Eni, eu me amarro nessa bag da lpm, pena que na bienal daqui eles não colocam pra vender, nem estande próprio de editoras tem ¬¬

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bem vindo(a) ao Dose Literária.
Agradecemos seu comentário e tentaremos responde-lo assim que possível ;)