Tag: 7 pecados capitais da leitura, por Eni

Nosso blog é constituído por 5 mulheres que amam os livros e tudo o que é relacionado a leitura. Michelle, Anna e Mara Vanessa já responderam quais são os 7 pecados capitais da leitura que elas já cometeram, e seguindo a ideia, também respondi com muito prazer.
Responder a questionários eu sempre gostei, desde o ensino fundamental quando rolavam pela sala de aula aqueles caderninhos (enquetes) com perguntas e respostas sobre nossos gostos pessoais, para mim não é somente nostálgico, mas uma maneira interessante de entretenimento para conhecer ainda mais sobre os gostos pessoais dessas queridas por quem tenho tanta estima.


1. Ganância: qual é seu livro mais caro? E o menos caro? 

A maioria de meus livros são de sebos, e se conheço o dono do sebo ai não existe óleo de peroba o suficiente para a minha cara de pau em ainda pedir desconto num livro que já está barato, portanto, eu nem sei de verdade qual é o meu livro mais caro. Talvez a “Trilogia d'O Senhor dos Anéis” de J. R. R. Tolkien que custaram cerca de 20,00 cada.
O menos caro? Dia desses encontrei “Retratos Ingleses” de Charles Dickens NOVO por 1,00 real numa lojinha de variedades. Adoro isso.


2. Ira: com qual autor você tem uma relação de amor/ódio?

Clara Averbuck. Há 6 anos atrás a literatura contemporânea era novidade pra mim, eu estava tão engajada na leitura dos clássicos mundiais que a Clara me impressionou pela sua destreza com as palavras, por seu despudor ao narrar o cotidiano de seu alter-ego Camila, e pela criatividade no enredo de “Máquina de Pinball”, “Das Coisas Esquecidas Atrás da Estante” e “Vida de Gato”. Depois que conheci John Fante é que percebi de onde vinha toda a “criatividade” de Clara e perdi o tesão por sua escrita. No entanto, depois de um grande intervalo sem acompanhar seus trabalhos, recentemente li seus textos atuais em seu blog pessoal e me agradaram bastante. Estou, inclusive, ansiosa por um novo livro dela.
Leandra Leal como a personagem Camila , cena do filme "Nome Próprio"
baseado na obra de Clara Averbuck
3. Gula: que livro você devorou sem vergonha alguma?

Todos os de Charles Bukowski. Não só devorei sem vergonha como devorei com paixão. Sou daquelas loucas que andam com a camiseta do Buk por ai, e teve um fato acontecido no metrô que me fez rir. Um hippie-indie-metal ou sei lá que diabus era aquilo parou ao meu lado segundos antes de descer na estação e quase sussurrando no meu ouvido falou com ele mesmo ”Mais uma modista que acha que Bucóvisque é um grande escritor, tsc tsc tsc”. Sorte dele ter descido na estação antes de eu retrucar, pois eu não teria sido nada amistosa com o sujeito. Ele deve ter pensado que com isso eu me sentiria envergonhada, né? Pois uso a peita do meu véio com o maior orgulho desse mundo!

4. Preguiça: qual livro você tem negligenciado devido à preguiça?

“Laranja Mecânica” de Anthony Burgess eu enrolei demais para ler. Comecei ele no mínimo umas 4 vezes, insisti na leitura, juro que queria terminá-lo, mas até hoje não consegui. E não é por nada, adoro o filme e a história, admiro demais a forma utilizada na escrita, mas me cansou ter que pesquisar o significado das palavras no Glossário Nadsat, no final do livro, a cada página lida.
"Laranja Mecânica" (Anthony Burgess) - Editora Aleph
5. Orgulho: que livro tem mais orgulho de ter lido?

80% dos que li eu tenho orgulho, especialmente Aldous Huxley e “Admirável Mundo Novo”.

6. Luxúria: quais atributos você acha mais atraentes em personagens masculinos e femininos? 

Adoro os vampiros clássicos. Ainda não li Anne Rice, mas se tivesse lido citaria Lestat e Louis. “Dracula” de Bram Stoker é o amor da minha vida, nele, Vlad Tepes e Mina Harker possuem todos os requisitos de personagens luxuriosamente atraentes à mim. Já me senti Werther, Henry Chinaski, Arturo Bandini, Marla Singer, dentre outros personagens que possuem seu certo encanto e me identifiquei na época em que os li.
Drácula e Mina Harker, cena do filme "Drácula"  (1992)
dirigido por Francis Ford Coppola
7. Inveja: que livros você gostaria de receber de presente?

Se tem um presente que eu gosto de ganhar nessa vida, é livro. Atualmente quero completar algumas das minhas coleções de Aldous Huxley, Charles Bukowski, Rubem Fonseca, Nietzsche, George R. R. Martin, Anaïs Nin, e começar algumas coleções de Chuck Palahniuk, Humberto Eco, Simone de Beauvoir e William Faulkner. Aceito também qualquer um dos clássicos citados no “1001 Livros Para Ler Antes de Morrer”. <:)


Todos nós já cometemos pecados capitais na leitura, quais são os seus?

Comentários

  1. este meme é muito bacana!
    também adoro achar um bom livro no sebo ^^

    beijos - Rascunhos e Borrões

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana suas respostas!
    Eu amo Burgess, talvez seja meu favorito. Se quiser algo bom dele,sem precisar de consultas extras, leia Sementes Malditas.
    Qto ao nadsat a gente acaba acostumando.
    :)

    ResponderExcluir
  3. Gostei. Não sabia que Buk é considerado "moda" pelos hipsters rss!

    ResponderExcluir
  4. Que interessante, Eni! Adorei suas respostas, que serviram também como indicação. :)

    Um beijo enorme e muitos cometas.

    P.S: Morri de rir com a expressão ''uso a peita do meu véio com o maior orgulho desse mundo''. HAHAHAHA! DEMAIS!

    Vou adotar com escritores que curto assim, do nível do Buk pra você.

    Beijo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bem vindo(a) ao Dose Literária.
Agradecemos seu comentário e tentaremos responde-lo assim que possível ;)