27 dezembro 2012

Retrospectiva 2012 & Top 5 - Eni

Este talvez seja o meu último post do ano, e a ideia é fazer um retrospecto do que eu li em 2012 e selecionar o que considero os cinco melhores entre eles.

Retrospectiva de leitura:

Cada livro lido este ano foi anotado num caderninho e adicionado à minha lista no skoob, somados todos são 41 títulos, e todos foram anotados na ordem em que foram lidos. Fiz posts relacionados à maioria deles, então vamos à minha retrospectiva de leitura:

Medo e Delírio em Las Vegas - Hunter S. Thompson
O Renegado - Honoré de Balzac
Feliz Ano Novo - Rubem Fonseca
Clube da Luta - Chuck Palahniuk
No Shopping - Simone Campos
O Futuro de Uma Ilusão - Sigmund Freud
Antologia Poética - Fernando Pessoa
A Feia Noite - Simone Campos
A Corista & Outras Histórias - Anton Tchékhov
Retratos Ingleses -  Charles Dickens(*)
Travessuras da Menina Má - Mario Vargas Llosa
Boleros de Papel - Diedra Roiz
O Guia do Mochileiro das Galáxias - Douglas Adams
O Retrato - Nikolai Gogol
Um Bonde Chamado Desejo - Tennessee Willians
O Reino Deste Mundo - Alejo Carpentier
Os Jovens e a Leitura - Michèle Petit
Cartas Portuguesas - Mariana Alcoforado
Frankenstein - Mary Shelley
Inconfidências de Uma Adolescente - Marcita Coelho
120 Tirinhas da Turma da Mônica - Mauricio de Sousa
O Fantasma de Canterville + O Príncipe Feliz - Oscar Wilde
Quando o Futuro Não Pede Licença - Carlos Moreno
1984 - George Orwell
O Diabo - Leon Tolstói(*)
Cenas de Nova York & Outras Viagens - Jack Kerouac
A Fugitiva - Anaïs Nin
A Obra-Prima Ignorada seguido de Um Episódio Durante o Terror - Honoré de Balzac
Antologia Poética - Olavo Bilac
Entendendo Jung - Maggye Hyde & Michael McGuinness
Os Gatos - Patricia Highsmith(*)
Sobre a Brevidade da Vida - Sêneca
Pascal - Ben Rogers
Poesias de Florbela Espanca - Vol. II
Memória de Minhas Putas Tristes - Gabriel García Màrquez
Sobre Histórias de Fadas - J. R. R. Tolkien
Olhos Azuis, Cabelos Pretos - Marguerite Duras
O Natal de Poirot - Agatha Christie
A Hora da Estrela - Clarice Lispector
Sete Faces do Terror - Marcia Kupstas e outros
Ecce Homo - Friedrich Nietzsche

Os links com (*) são de posts publicado por outras autoras do Dose Literária.


TOP 5 (Os Melhores Livros Lidos em 2012):

Essa parte é uma das mais difíceis, e vocês devem imaginar. Primeiro porque listar só cinco é muito cruel, segundo porque, os critérios para avaliar "os melhores" varia tanto que, conforme fui fazendo a lista, modifiquei-a no mínimo umas 4 vezes. E antes que eu mude de ideia de novo, voilà:

5 - Um Bonde Chamado Desejo (Tennessee Willians)
Chorei no final. E olha que esta não é o tipo de história feita para arrancar lágrimas dos leitores. Desperta sim diversos sentimentos, revolta, ira, compaixão, e por todos os personagens, mas este livro me pegou de surpresa num dia atípico, de extrema sensibilidade. Entrou como o meu quinto melhor livro lido este ano por ser uma das únicas peças teatrais que me encantaram - apesar de eu não ser fã do gênero - e por todo o enredo. Um dia haverá resenha dele aqui.

Marlon Brando que interpretou no cinema o personagem
Stanley, todo "Divo" virou capa do livro


4 - Entendendo Jung (Maggye Hyde & Michael McGuinness)
Fiz quase uma declaração de amor ao invés de uma resenha deste livro. Nunca imaginei gostar tanto de Psicanálise, e se hoje sou uma "estudiosa" e apreciadora da área, devo tudo à Freud e Carl Gustav Jung. Este livro é basicamente um resumão da vida e trabalhos de Jung feitos pela escritora Maggye Hyde e ricamente ilustrados por Michael McGuinness. Uma das minhas melhores aquisições deste ano.



3 - Medo e Delírio em Las Vegas (Hunter S. Thompson)
Já era fã do filme, depois de ler o livro então... A história sintetiza toda a loucura que eu adoraria viver se eu não fosse eu, ou, se eu não vivesse neste corpo. Fora isso, é de uma criatividade e sinceridade plausíveis. Tanto a história em si quanto a forma narrada me encantaram de uma maneira que só me fazem ter mais vontade ainda de ler outras obras de Thompson. 



2 - Clube da Luta (Chuck Palahniuk)
Outro que vi antes de ler, e por isso, minha admiração só aumentou. Livro e filme são a mesma história, porém, contadas de maneiras diferentes, sendo que na literatura transgressional (contadas do final para o começo da história), nossa mente reverbera, se põe à elucidações e conclusões com tamanha genialidade de Palahniuk.

Brad Pitt (Tyler) e Edward Norton (Jack) interpretaram
os personagens no filme (1999)

1 - 1984 (George Orwell)
Antes de ler-o eu já sabia que, se houvesse um top 5, estaria entre eles (pois já tinha lido outra obra de Orwell e já conhecida a reputação de 1984), só não imaginava que seria logo o primeiro. Li esse livro há cerca de 4 meses e até hoje a história não sai da minha cabeça, revi o filme 2 vezes e ainda revejo cenas da história em algumas de minhas reflexões. Se ele está aqui, em primeirão, é todo merecido.



E no próximo post vai rolar um tour pela minha estante, numa tentativa de fazer um primeiro vídeo para dividir com vocês as minhas metas de leitura para 2013, o que pretendo ler e o que provavelmente vocês verão resenhado aqui no blog.

E antes de me despedir, desejar boas festas e um ótimo 2013 à todos vocês, gostaria de agradecer-lhes por cada visita, cada comentário e cada minutinho dedicado à leitura dos nossos posts, o Dose Literária não seria a irmandade que é hoje se não fosse pelo reconhecimento do nosso público, e seria só mais um blog de livros. É sério, fico emocionada ao lembrar de como tudo começou, e de como chegamos até aqui. Todo esforço e tempo que eu, Michelle, Patrícia, Mara Vanessa, Anna, Emanuela, Janaína e Gaby dedicamos ao Dose, é sempre pensando em quem nos lê.
E que venha 2013, cheio de novidades, planos, sonhos, realizações, companheirismo, amor, amizade e livros, porque é isso que nos move e nos mantém.
Obrigada!