03 dezembro 2012

Sobre o Melhor e o Pior de 2012

Pensei em vários títulos para esse post, afinal, está chegando o final do ano ou do mundo, vai saber! Mas como decidi terminar esse ano com pensamentos positivos, resolvi que essa lista que é apenas o final de 2012 (ainda bem)! Infelizmente, a lista dos livros mais vendidos do ano não me ajuda a ser otimista, quem sabe depois do fim do mundo as coisas melhoram!


O Pior e Mais Vendido Livro
(aposto que vocês sabem qual é!)
Acharam que bastou uma resenha? Voltei para aterrorizar todos vocês MWAHUAHUA!
Pois é, pois é. Podem buscar a lista que quiserem, The New York Times, Amazon, Livraria Cultura, até a nossa querida revista Veja, famosa por seu conservadorismo, puritanismo, etc, não pode negar, Cinquenta Tons de Cinza foi o livro mais vendido em todo o ano de 2012.

E a coisa não para por aí não...


A Pior e Mais Vendida Trilogia
(aposto que vocês também já adivinharam qual é!)
E o pesadelo continua!
Novamente, sintam-se livres para pesquisar a vontade, para viver em negação, para sair correndo pela rua gritando "NÃÃÃÃOOO!!", mas essa foi a trilogia mais vendida do ano. Apesar dos cinco meses (ou mais) de desvantagem (afinal, Cinquenta Tons de Cinza só foi lançado em inglês em Junho desse ano), E.L. James conseguiu  superar a todos e encher a cabeça de vários leitores com um monte de bos-baboseira. 


O Melhor Livro, e (quase) o Mais Vendido Mundialmente
(não é o melhor, melhor, mas fazer o quê, né?)
Vai, entre eu e Cinquenta Tons de Cinza, qual você prefere?
Provando que nem tudo está perdido na lista de best-sellers, Jogos Vorazes apareceu para salvar o dia! Apesa de ter buscado inspiração em várias fontes conhecidas (George Orwell, Aldous Huxley, e autora até admitiu ter usado a história Teseu e O Minotauro como base para o livro), Jogos Vorazes é um bom best-seller que aborda vários temas (preocupantes) atuais, como fome, a loucura dos reality shows, opressão de um "governo", morte, etc.

Além disso, a autora conseguiu trazer de volta o interesse por livros distópicos, e por isso, dentre todas as opções dos 10 livros mais vendidos por esse mundo afora, ele é o melhor, na minha opinião.


A Melhor e (quase) a Mais Vendida Trilogia
(nenhuma surpresa aqui, pessoal)

Olha a Suzanne Collins tentando salvar a mente das pessoas da influência negativa dos livros que não tem cor na capa! Pena que ela não conseguiu chegar e ficar no primeiro lugar, mas está no Top 10, o que já é muita coisa. 


A Melhor Coleção
De acordo com a lista de mais vendidos da Veja, os livros de George R.R. Martin estão vendendo como água! Surpreendentemente, apesar do boost de vendas desse ano e da fama que os livros e a série da HBO ganharam recentemente, os livros foram lançados antes de 2000, e a série teve início em abril do ano passado. 

O Melhor e Mais Vendido Livro Nacional

Não só de literatura estrangeira é composta a lista de livros mais vendidos desse ano! Luis Fernando Veríssimo, autor, tradutor, cartunista, roteirista, e músico (ufa! cansei só de ler), ganhou seu merecido lugar na lista dos 10 livros mais vendidos! Diálogos Impossíveis demonstra que a idade não afeta nem um pouco o talento, e Veríssimo arrasa com suas crônicas novamente!

O Melhor Autor de Livros Infanto-Juvenis na Lista de Mais Vendidos

Seguindo a série Percy Jackson e Os Olimpianos, Rick Riordan continua com suas referências à mitologia, aqui tanto grega quanto romana, no livro Os Heróis do Olimpo, e por conseguir escrever livros tão bons e fazer jovens leitores se interessarem e até estudarem um pouco sobre mitologia, acho que ele merece estar na lista de mais vendidos do The New York Times. Assim como também merece estar na lista da Livraria Cultura com o livro A Sombra da Serpente


O Melhor e Mais Vendido Livro Infanto-Juvenil

Quem diria, quem diria que o chegaria o dia de um romance epistolar entrar para a lista de livros infanto-juvenis mais vendidos desse Brasil! Narrado em primeira pessoa pelo personagem chamado Charlie, o livro As Vantagens de Ser Invisível aborda temas comuns à adolescência (como drogas e sexualidade), e faz menção a várias obras de cinema e da literatura. 

Apesar de todos esses pontos positivos, o livro foi lançado em 2007, e o que realmente impulsionou as vendas foi a adaptação cinematográfica com a famosa e muito querida Emma Watson, conhecida também pelo seu papel como Hermione na saga de Harry Potter.

Bem, chegamos ao final (do mundo!) do post, pessoal! Esse foi um pequeno resumo dos livros mais lidos desse ano, e, como podem ver, nem tudo está perdido! Espero que ano que vem essa moda de sadomasoquismo e príncipes às avessas caia, e mais livros de boa qualidade sejam publicados.

Até a próxima, e não esqueçam de comentar!

Por: Gaby