20 fevereiro 2013

O Primo Basílio - citação

Essa semana eu ganhei da minha tia uma edição antiga do livro "O Primo Basílio" de Eça de Queiroz, e apesar de já tê-lo e lido em outra edição, ver a capa antiga me fez recordar um trecho maravilhoso do livro que descreve as sensações de Luísa ao receber uma carta (ou bilhete) do amante Basílio

"E Luísa tinha suspirado, tinha beijado o papel devotamente! Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades, e o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saíam delas, como um corpo ressequido que se estira num banho tépido: sentia um acréscimo de estima por si mesma, e parecia-lhe que entrava enfim uma existência superiormente interessante, onde cada hora tinha o seu encanto diferente, cada passo conduzia a um êxtase, a alma se cobria dum luxo radioso de sensações!" 
O Primo Basílio - Eça de Queiroz (L&PM - Edição de 2008)

Existem várias edições e adaptações da obra para o teatro, cinema e até na música! 
Marisa Monte em parceria com Arnaldo Antunesusou esse trecho do livro na música "Amor I love You" e Arnaldo narra o trecho que na minha opinião nessa parte ficou muito bonita, apesar de achar essa música enjoada e chatinha! (Fãs de Marisa Monte por favor, não me crucifiquem!) 
Pra quem tiver paciência, curiosidade ou quiser recordar, abaixo o clipe da música.




♫ Amor I love youuuuuuuuuuuuuu (Repete 8x!)



Por hoje é só!
Até mais!

Post relacionado: