O Primo Basílio - citação

Essa semana eu ganhei da minha tia uma edição antiga do livro "O Primo Basílio" de Eça de Queiroz, e apesar de já tê-lo e lido em outra edição, ver a capa antiga me fez recordar um trecho maravilhoso do livro que descreve as sensações de Luísa ao receber uma carta (ou bilhete) do amante Basílio

"E Luísa tinha suspirado, tinha beijado o papel devotamente! Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades, e o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saíam delas, como um corpo ressequido que se estira num banho tépido: sentia um acréscimo de estima por si mesma, e parecia-lhe que entrava enfim uma existência superiormente interessante, onde cada hora tinha o seu encanto diferente, cada passo conduzia a um êxtase, a alma se cobria dum luxo radioso de sensações!" 
O Primo Basílio - Eça de Queiroz (L&PM - Edição de 2008)

Existem várias edições e adaptações da obra para o teatro, cinema e até na música! 
Marisa Monte em parceria com Arnaldo Antunesusou esse trecho do livro na música "Amor I love You" e Arnaldo narra o trecho que na minha opinião nessa parte ficou muito bonita, apesar de achar essa música enjoada e chatinha! (Fãs de Marisa Monte por favor, não me crucifiquem!) 
Pra quem tiver paciência, curiosidade ou quiser recordar, abaixo o clipe da música.




♫ Amor I love youuuuuuuuuuuuuu (Repete 8x!)



Por hoje é só!
Até mais!

Post relacionado: 

Comentários

  1. eu ganhei esse livro de uma criança, no tempo que eu tinha lan house hahaha
    mas até hoje, ainda não li =|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria! Esse livro é um dos meus preferidos. Tenho certeza que você vai gostar pelo pouquinho que vi dos seus gostos literários.
      Quando ler, conta pra gente o que achou! Beijos

      Excluir
  2. Sobre o livro, é clássico, hei de ler um dia, se não nesta, na próxima vida! rsrs
    Antes dele, preciso terminar Os Maias. :)

    Sobre a música, seria realmente muito bonita se não tivesse esse pobre refrão que repete ad infinitum... ¬¬

    Belo trecho, lindo mesmo! Quem é que não suspira lendo uma carta sentimental? ^.^

    ResponderExcluir
  3. Oii!
    Esse livro é um clássico, uma leitura fantástica !
    Adoro essa citação! principalmente na voz do Arnaldo Antunes !
    abraços
    Melissa
    @decoisasporai
    http://decoisasporai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiiim! Concordo plenamente, a voz dele é marcante!

      Excluir
  4. Ah, gosto demais desse livro! Puxa, quantas recordações! :)

    ResponderExcluir
  5. Poxa eu adoro a música e fiquei muito feliz de saber que aquela parte citada pelo Arnaldo (vozeirão massa) é retirada de um livro ^^ Ainda não li mas se um dia eu ver dando sopa vou me lembrar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho uma edição sobrando aqui, Tam... Se você quiser...

      Excluir

Postar um comentário

Bem vindo(a) ao Dose Literária.
Agradecemos seu comentário e tentaremos responde-lo assim que possível ;)