28 abril 2013

Dose de notícias #16



Resumo das notícias literárias da semana


No dia 23 de abril comemoramos o Dia Internacional do Livro que teve a sua origem na Catalunha, Espanha. A data começou a ser celebrada em 7 de outubro de 1926, em comemoração ao nascimento de Miguel de Cervantes, escritor espanhol. No ano de 1930, a data comemorativa foi trasladada para 23 de abril, dia do falecimento de Cervantes. Mais tarde, em 1996, a UNESCO instituiu 23 de abril como o Dia Mundial do Livro, em virtude de a 23 de abril se assinalar o falecimento de outros escritores, como Josep Pla, escritor catalão, e William Shakespeare, dramaturgo inglês.



Começou nesta sexta-feira (26) a XVII Feira Pan-Amazônica do Livro, que será realizada até o dia 05 de maio no Hangar Centro de Convenções, em Belém. Este ano, a feira irá homenagear a cultura do Pará e a obra do poeta Ruy Paranatinga Barata, trazendo também uma série de autores de todo o país, encontros literários, shows e atrações culturais gratuitas.


O jornalista e escritor Walcyr Carrasco é colunista da revista Época, e na semana passada escreveu a crônica Literatura também é moda, a respeito da literatura clássica estar esquecida para dar lugar à moda dos soft porn, ele diz: "Sinto falta do tempo em que o livro não era parte do modo fashion de viver." 

Tratar livros como os decotes
da próxima estação é abrir mão da experiência profunda que
a leitura pode dar



Editoras independentes uniram-se e inauguraram uma simbólica livraria em São Paulo, na antiga Intermeios - Casa de Artes e Livros na Rua Luis Murat, n°40. A loja reúne livros de editoras independentes como Patuá, Terracota, Edith, Iara e, claro, a Intermeios e Demônio Negro. Nas prateleiras, estão títulos de jovens autores e também de outros já clássicos, como Ezra Pound e Octávio Paz. Há livros no formato padrão, e há edições caprichadas. Publicações de artista e livros-objeto. Quem passar pela região vale a pena uma visita.


A Editora Geração enviou-nos esta semana um exemplar de Fantasias Gêmeas, romance erótico da Coleção Muito Prazer escrito pela canadense Opal Carew, um dos mais recentes lançamentos da editora. A obra terá resenha e será sorteada aqui no Dose.
Sinopse:
Jenna Kerry tem um segredo. Ela sempre fantasiou em dividir a cama com dois homens, mas seu noivo Ryan nunca aprovaria. Então, Ryan aparece inesperadamente em uma noite e ela faz o sexo mais selvagem da sua vida. O único problema é que ele não é Ryan. Quando ela descobre a verdade – que seu noivo tem um irmão gêmeo – reacende um desejo de longa data. Ambos os homens estão determinados a tê-la, e vão provar seus talentos nas formas mais eróticas imagináveis. E ela ousa explorar sua fantasia mais ocultada … ela poderia lidar com tudo o que os gêmeos de sangue quente têm a oferecer? Tranque a porta ao entrar neste conto da perversamente desinibida Opal Carew.


Dentre os lançamentos de abril da Editora Geração também estão Domitila de Paulo Rezzutti, Iraque: a guerra pelas mentes de Paula Fontenelle e Os mistérios sombrios do Vaticano de H. Paul Jeffers.


E falando de literatura erótica, Christian Grey, o anti-herói romântico de Cinquenta Tons de Cinza, que já povoa a imaginação das leitoras do best-seller de E. L. James, ganha um rosto, o ator Alex Pettyfer foi escolhido para viver o ricaço na adaptação do romance para o cinema.


Cartas inéditas
ligam J.D. Salinger ao protagonista de O Apanhador no Campo de Centeio. A correspondência, trocada entre o autor americano e uma moça canadense de 1941 a 1943, ficou guardada por 70 anos. Nos textos, Salinger flerta com a leitora e mostra personalidade semelhante à de seu personagem mais conhecido.


A fórmula milionária e repetitiva de sucesso do escritor americano Nicholas Sparks volta ao cinema com Um Porto Seguro, adaptação de mais um de seus romances açucarados e previsíveis.


Emily Temple reuniu imagens de 20 surpreendentes bibliotecas ao ar livre e livrarias de todo o mundo. Na praia, no parque, na praça, na calçada, na viela, no jardim de um castelo... aparentemente não há lugares nesse mundo em que não se possa montar uma biblioteca ou uma livraria. Selecionei minhas preferidas, mas você pode conferir a lista completa AQUI. Eu achei a ideia genial e as imagens maravilhosas, e vocês?

Castelo em Hay-on-Wye, País de Gales

'The Honesty' Bookshop a lendária livraria
na cidade
de Hay-on-Wye, no País de Gales.

Brattle Book Shop em Boston, USA