27 junho 2013

In memoriam: Epitáfios Literários

Epitáfios são frases escritas sobre lápides ou túmulos para homenagear, descrever ou simplesmente exprimir um último desejo das pessoas ali sepultadas. Não se sabe bem ao certo como e quando esse costume surgiu, mas é certo que o mesmo já existe desde tempos imemoriais, conforme vemos nos túmulos dos grandes imperadores antigos. Entre os escritores essa prática também é relativamente comum. Selecionei alguns dos mais famosos e interessantes para mostrar a vocês.

William Shakespeare


Na lápide do poeta e dramaturgo inglês está escrito o seguinte epitáfio:

"Amigo, evite, por Jesus sagrado, de cavar o pó aqui enterrado.
Abençoado quem poupar estes destroços, e amaldiçoado quem mover meus ossos". 


John Keats


John Keats foi um poeta romântico inglês, considerado o último poeta romântico de seu país (e nós brasileiros nos contendo com o Lulu Santos, francamente). Morreu na Itália, aos 25 anos, vítima de tuberculose. Em seu túmulo está escrito:

"Esta sepultura contém tudo o que era mortal, de um Jovem Poeta Inglês, que em seu leito de morte, na amargura do seu coração, sob os olhares de seus inimigos, desejou que fossem escritas estas palavras em seu túmulo: Aqui descansa um homem cujo nome está escrito sobre a água".


Fiódor Dostoiévski



Fiódor Dostoiévski, figurinha carimbada deste blog, foi um escritor russo, autor de vários dos maiores clássicos da história da humanidade, como Crime e Castigo e Os Irmãos Karamazov. Em sua lápide está escrito os seguintes versos do Evangelho de São João (Cap. XII, 24), que também serviram de subtítulo para o seu último romance, o já citado Os Irmãos Karamazov:

"Em verdade, em verdade vos digo: a semente de trigo caída na terra, se não morrer, ficará infecunda, mas, se morrer, produzirá muitos frutos."



Charles Bukowski



Charles Bukowski foi um escritor norte-americano de origem alemã dono de um estilo inconfundível, marcadamente coloquial, até mesmo obsceno, com descrições de coisas banais, como porres e relacionamentos baratos. Na lápide do "Velho Safado" encontramos os seguintes dizeres:

"Não tente"


Virginia Woolf


Virginia Woolf foi uma escritora, ensaísta e editora inglesa, considerada um dos maiores nomes do modernismo. Acometida por uma grave depressão, suicidou-se em 1941. Possui, na humilde opinião desta que vos fala, o mais belo epitáfio dentre os escritores aqui mencionados. Em seu túmulo podemos encontrar a seguinte frase:  

"Contra ti me arremessarei, invencível e persistente, ó Morte"


Edgar Allan Poe


Edgar Allan Poe foi um escritor norte-americano que, juntamente com Júlio Verne, é considerado um dos criadores do gênero literário ficção científica. Sua obra, marcada pelo suspense, continua a influenciar até hoje os grandes escritores do gênero. Em sua lápide está escrito os seguintes versos, retirados de sua obra mais famosa, o poema O Corvo:

"Disse o corvo, 'Nunca mais'."


Primo Levi
 

Durante a 2ª Guerra Mundial, o festejado escritor italiano, que era judeu, foi prisioneiro no campo de concentração de Auschwitz. Em sua lápide está escrito o número que usou durante o período em que esteve preso:

"174517"

Emily Dickinson


Foi uma renomada poetisa norte-americana. Em sua lápide está escrito:

"Chamada de volta"


H. P. Lovecraft
 

Howard Phillips Lovecraft foi um celebrado escritor norte-americano do gênero suspense e terror. Grande parte do seu trabalho foi inspirado pelos seus constantes pesadelos. Assim como Edgar Allan Poe, de quem era admirador confesso, é considerado um dos maiores autores do gênero terror/ficção científica. Stephen King já se referiu a ele como "o maior praticante do século XX do conto de terror clássico". Em sua lápide o escritor, nascido em Providence, estado americano de Rhode Island, presta uma homenagem a sua cidade natal, podendo se ler a seguinte frase:

"Eu sou Providence"

Arthur Conan Doyle


Arthur Ignatius Conan Doyle foi um escritor britânico, mais conhecido por suas histórias sobre o detetive Sherlock Holmes. Em sua lápide está escrito os seguintes dizeres:

"Verdadeiro aço. Lâmina afiada"


Fonte: Oficina Literária

Já pensou qual será seu epitáfio?

Posts relacionados:
Escritores e seus túmulos