26 julho 2013

Livros Didáticos e meu amor pelas tirinhas ...

Eu não sei vocês meus queridos leitores, mas eu desde pequena sempre fui louca por livros didáticos de português. Parece estranho não é? E há quem vai perguntar, por que Tamara? Por que você gostava tanto dos livros de português da escola, e eu digo: Tirinhas
Na verdade eu adorava tudo nos livros de português. Os textos complementares, poesias e as tirinhas que tanto gosto até hoje, comecei a lê-las lá. O fato é que banca de quadrinhos eu só tinha o prazer de ver na vida quando viajava pra capital e nem sempre podia comprar alguma coisa. Lembro que uma vez juntei uma "ruma" de moedinhas pra comprar um almanaque na Turma da Mônica numa banquinha vizinha ao condomínio da minha tia, fui lá e comprei o almanaque na maior empolgação e li todo em menos de 2 horas. Depois de preencher todos os joguinhos eu fiquei chupando o dedo porque não tinha mais moedinhas pra comprar outro  hahahaha.
Então, eu não tinha chance de ler quadrinhos e eu gostava muito, mas os livros didáticos me proporcionaram o prazer de apreciar e conhecer várias tirinhas. 
Hoje com a internet é bem mais fácil o acesso a essas maravinhas. Inclusive há vários sites e blogs voltados para a divulgação de tirinhas famosas e tirinhas de artistas novos, alguns que eu gosto e posso citar são: Os Malvados, O Depósito de Tirinhas e um Sábado Qualquer.
Agora chega de enrolação e eu vou falar das tirinhas que conheci nos livros da escola e que me marcaram:


A bruxinha Zuzú e o gatinho Miú

A bruxinha Zuzú foi uma persoangem que marcou minha infância, sempre que eu abria meus livrinhos ela estava lá. Suas tirinhas criadas pela Eva Furnari mostravam as aventuras de uma bruxinha atrapalhada e seu gatinho e uma coisa que eu achava muito interessante era o fato de não haver diálogos, era um quadrinho "mudo".
 
Níquel Náusea e a Gatinha a ratinha mais gata
Ele pode ser um ratinho de esgoto, mas com certeza é uma figura bem carismática. O Níquel Náusea é um personagem criado pelo cartunista Fernando Gonsales e me arrancou muitas risadas com seu humor ácido e seus amigos tão malucos quanto ele.

 
Hagar e Hamlet...cadê o bolo?

Hagar, o horrível é um viking que adora lutar, comer até arrotar e dar lições de moral (altamente duvidosas). Criado por Dik Browne, é simples e hilário.
 
 
Garfield e sua vida boa...
Garfield criado por Jim Davis, é praticamente um clássico. Quem nunca ouviu falar do gato laranja e preguiçoso, que adora uma lasanha e detesta segundas-feiras? Extremamente sarcástico e totalmente aversivo a um regime Garfield  é uma figura e tanto. Eu me identifico um pouco, quem não?
 

Não é?

Mafalda é uma menininha perspicaz criada por Quino e com muitíssimos fãs. Eu estou nessa lista há muito tempo. Mafalda é uma tirinha de humor leve, irônico e extremamente voltada para a crítica social. O mais interessante disso tudo é que ela é só uma criança, uma criança com uma consciência enorme.
 
Charli
 
O Peanuts, ou Snoopy, ou Charlie Brown e seus amigos ou Minduim, é uma tirinha maravilhosa criada por Charles Schulz e retrata a vida de um grupo de amigos, entre eles o depressivo Charlie Brown, a raivosa Lucy, o cachorrinho Snoopy...são personagens fofos e que amo até hoje. Peanuts é sem pensar duas vezes minha segunda tirinha favorita porque a primeira é...

E aqui, meus preferidos ♥

Calvin e Haroldo! Esses dois são confusão na certa, mas também são muito amor ♥ são meus personagens favoritos entre todas as tirinhas que já li. Calvin é um garoto muito travesso e Haroldo é seu tigre de pelúcia, de pelúcia só para os outros, porque para o pequeno Calvin ele cria vida e é seu melhor amigo. Juntos os dois aprontam todas.
 
É isso!