31 outubro 2013

Os grandes nomes da literatura universal perguntam: Tô gato?

Acredito que toda informação deve estar ligada à cultura, não importa se estamos lendo um jornal ou vendo tv, gostamos de aprender enquanto somos informados de algum acontecimento, e de fazer referências à manifestações e tipos de culturas, usando para isso ferramentas de 'compartilhar'. A internet é a maior via que nos ajuda a captar curtas informações com conteúdo inteligente, em todo lugar encontramos sites informativos, culturais, com humor, ou imagens incríveis que casam muito bem com um texto desenvolvido. Coisa que acontece em muitos tumblrs.
O tumblr TÔ GATO? é um desses que diverte no humor e criatividade, passa pequena informação relacionada ao escritor e obra, e posta o retrato do escritor. O que pensam os gigantes da literatura antes de sair pra balada, inspirados pelas orelhas de seus próprios livros.
Fantástico!

Selecionei os meus preferidos:



Robert Louis Stevenson:
E aí, tô gato?
Tô criando uma metáfora da condição humana, eternamente dividida entre o bem e o mal, em sua interminável busca pela felicidade?
--


Anton Tchekhov
Tô gato?
Tô ajudando a alçar o conto a um dos mais altos patamares na literatura contemporânea?
--


Isaac Asimov
Meu filho vem cá: tô gato?
Tô criando um universo onde as máquinas existem à imagem e semelhança dos homens?
--


Aldous Huxley
Tô gato?
Tô subvertendo a forma tradicional do romance pra fazer uma sátira sobre a desumanização do século XX?
--


John Fante
Psiu, tô gato?
Tô criando um alter-ego que é o precursor dos personagens perdidos, perplexos e desiludidos da literatura norte-americana de meados do século XX?
--


Jack Kerouac
Fala sério: tô gato?
Tô fundindo ação, emoção, sonho, reflexão e ambiente numa nova literatura que procura captar a sonoridade das ruas, das planícies e das estradas americanas?
--


D.H. Lawrence
Tô gato?
Tô sendo um poeta daquilo que Bachelard chama de “devaneio”, ou seja, o encontro do consciente pelo inconsciente através da interpretação de rive/sonho, onde o mundo natural, o espaço e os elementos tornam-se parte da vida da psique?
--
Hunter S. Thompson
E aê… Tô… Gato?
Tô radicalizando o new journalism, colocando sangue, suor e substâncias proibidas nas páginas da imprensa norte-americana?
--


Leon Tolstoi
E aí, filhotes: tô gato?
Tô conciliando o individualismo e a paixão com desejos de transformação espiritual, numa obra que se desenvolve pelo conflito entre ciência e as verdadeiras necessidades e aspirações do ser humano?
--


Jack London
Tô gato?
Tô retratando a abismal luta entre o bem e o mal, fazendo uma rigorosa análise psicológica das situações e dos personagens e transcendendo o mero romance de aventuras?
--



Nikolai Gogol
Tô gato?
Tô sendo renovador e vanguardista, trazendo para a literatura russa o realismo fantástico e escrevendo algumas das obras primas do conto universal?
--


Anthony Burgess
Tô gato?
Tô presenteando o leitor com um livro fascinante em que, por trás de uma aparente cortina de humor e ironia, satirizo causticamente as ideologias em conflito no mundo contemporâneo?
--



William S. Burroughs
Tô gato?
Tô mesclando o realismo exasperado a experiências estilísticas, apresentando imagens e situações a princípio enigmáticas, mas que aos poucos se tornam familiares?
--


Charles Baudelaire
E eu, tô gateau?
Tô mostrando ao leitor o que a vida humana pode ter de bom e de ruim, de falso e de verdadeiro, resgatando os valores eternos do amor, do altruísmo, da abnegação?
--


 J. Wolfgang von Goethe
Tô gato?
Tô narrando a negação de um homem em relação à sociedade e ao mundo despido dos valores emocionais?
--


H.P. Lovecraft
Tô gato?
Tô mostrando cruamente a irrelevância do ser humano em um universo mergulhado no horror muito além da nossa limitada compreensão?
--

E tem mais aqui: http://togato.tumblr.com