03 novembro 2013

Leituras para o Halloween...



Devido ao Halloween essa semana, resolvi dar algumas dicas de livros de terror, em homenagem a data. Fiz uma lista com os títulos que possuo na "estante" [entre aspas porque ainda não tenho uma estante...]. Para alguém que ama histórias de terror e que gosta de sentir arrepios pelo corpo ao longo de uma aterradora leitura, eu não poderia deixar de ter no acervo alguns grandiosos escritores desse tipo de literatura. E vou falar um pouquinho de cada um dos títulos. Vamos lá...


A volta do parafuso - Henry James 
Ganhei esse livro da minha Amiga Secreta aqui do Dose Literária [mas não posso revelar ainda quem me tirou] e assim que o livro chegou, terminei uma leitura pra começar a lê-lo. E terminei de ler duas horas depois... O enredo fala sobre uma governanta que cuida de duas crianças órfãs em uma mansão afastada de Londres, onde aparecem os antigos empregados da casa, já mortos, que tomavam conta da educação das crianças antes de morrerem... Quem já assistiu o filme Os Outros, com Nicole Kidman, vai ficar familiarizado com o enredo, que foi baseado na história desse livro. Achei a leitura horripilante, é um livro maravilhoso e umas das minhas melhores leituras do gênero. Além de Os Outros, existem mais dois filmes que são baseados na obra de James, Os inocentes e Os que chegam com a noite.


preciso exibir minha linda edição, claro...

Dracula - Bram Stocker.
Um clássico da literatura mundial não poderia ficar de fora da minha lista [é um dos meus preferidos da coleção] e eu nunca encontrava nessa edição capa dura da photo, mas após uma longa jornada em sebos, consegui comprá-lo esse ano. Dracula, como muitos sabem, é um conde que mora em um castelo nas montanhas romenas e que recebe em sua casa o corretor Jonathan Harker, que viajou a fim de tratar de negócios com o Conde, deixando para trás a sua noiva Nina. O conde Dracula acaba deixando Harker preso em seu castelo e parte em busca da mulher de sua vida... O livro é todo narrado por meio de cartas, e ao contrário do que muitos pensam, não é uma história de terror [pelo menos eu não achei]. Mas o ambiente descrito por Stocker, bem como as peculiaridades no personagem Dracula perturbam a mente do leitor de forma fantástica. Existem várias versões cinematográficas [inclusive aquelas de vampiros com glitter ¬¬] a respeito dessa criatura fascinante denominada Vampiro, e confesso que essa popularidade não me agradou muito. Se ao menos tivessem mantido a aura de perversidade e fascínio lúgubre da criatura eu não me irritaria, mas essas versões teen [tanto de filmes como de livros contemporâneos] não me descem...  


O horror em Red Hook - H.P. Lovecraft 
Não poderia deixar de citar uma obra de um dos grandes mestres de histórias de horror do começo do século XX: H. P.  Lovecraft O livro é composto por três contos: O horror em Red HookEle e A Tumba. São histórias curtas carregadas dos elementos que fizeram da obra de Lovecraft uma das mais sombrias e arrepiantes já escritas. O autor mistura realidade e pesadelo, tornando tudo caótico e sinistro. Não existem fantasmas e bruxas, e sim, a própria mente do ser humano, perturbada, temerosa e claustrofóbica. Os personagens confundem se as situações em que se encontram são um sonho ruim ou a realidade que inunda seus olhos. Confira o post de Mara falando na obra.



O retrato - Nicolai Gógol
Esse livro seria uma espécie de reflexão a respeito da vida e da morte. Dividido em duas partes, o conto nos fala sobre um pintor de quadros chamado Tcharkhov, que na busca de inspiração para seus quadros, se depara durante um passeio com um quadro enigmático, meio esquecido entre tantos outros, numa galeria de arte. O que chamou a atenção do jovem pintor foi a expressão do homem asiático retratado, de olhos aterradores e profundos. Antes um artista fracassado e desconhecido, Tcharkhov, após adquirir o retrato, passa por uma maré de sorte financeira e ganha popularidade, a medida que vai ficando mais cheio de si, orgulhoso, devido a influência que o retrato exerce sobre ele. Logo, ele perde a sanidade. Na segunda parte do conto, o retrato é objeto de extremo valor e está sendo leiloado. Entre os presentes, alguém chama a atenção para a tela e conta sua história repleta de tragédias na vida de quem o possuiu, inclusive o retratista que fez a obra. é Um livro de tirar o fôlego e assim como O horror em Red Hook, faz parte da coleção 64 páginas, da L&PM Editores. Eni falou sobre ele aqui no Dose.



Frankenstein - Mary Shelley
Grande clássico de Mary ShelleyFrankenstein fala sobre um doutor que abandona sua família e parte numa jornada em busca da criação de um ser perfeito. E para isso, ele se utiliza das partes de várias pessoas mortas para dar vida à sua Criatura [costurada]. Na tentativa de ser Deus, o dr. Frankenstein [sim, é o nome do médico e não do monstro, como muitos pensam] acaba criando um grande problema, pois não sabe o que fazer com sua obra. A Criatura, por sua vez, se descobre abandonada no mundo, e resolve procurar seu criador [que havia fugido após dar vida a ele], para que ele lhe respondesse o porquê de ter sido criado e logo em seguida, deixado sozinho. No decorrer da história, a Criatura vai descobrindo as coisas, e sua índole vai se modificando, de acordo com as atitudes de quem o encontra pelo caminho. É um livro lindíssimo, e A Criatura me cativou demais. É sem dúvida, um dos melhores personagens já feitos e um dos meus preferidos. 



O médico e o monstro - Robert Louis Stevenson
Escrito em 1886, por Robert L. Stevenson, O médico e o monstro fala sobre Henry Jekyll, que defende a teoria de que o ser humano tem o lado bom e ruim dentro de si, e embora as pessoas desacreditem de seus estudos, ele cria uma fórmula que comprova sua tese e a bebe, a fim de não por em risco outras pessoas. O resultado desse experimento traz a tona o lado demoníaco do doutor, chamado Mr. Hyde. O Dr. Jekyll julga ser capaz de controlar seu outro lado, mas acaba redondamente enganado... Se quiser, confira a resenha de Eni sobre o livro..



Histórias Extraordinárias - Edgar Allan Poe
O autor, nascido em Boston, EUA, em 1809 teve uma vida curta mas deixou uma obra repleta de contos aterrorizantes e que causam medo nas mentes mais tranquilas. O gato pretoO corvo [seu poema mais famoso], A queda da casa de UsherOs crimes da Rua Morgue e Berenice, são alguns de seus escritos mais conhecidos. Uma das narrativas que mais gosto é O poço e o Pêndulo. Vários de seus contos foram adaptados para o cinema. Gostar de literatura de horror e não conhecer Poe soa como uma heresia. Outra obra que não fica de fora nos posts do blog. Confira aqui.



Horror em Amityville - Jay Anson 
Um livro que me veio às mãos por meio de uma amiga de infância, que me emprestou há muito tempo. Acabei comprando a mesma edição anos depois. Trata de uma história [baseada em fatos reais, segundo consta no livro] de uma família que foi assassinada por um de seus membros, o jovem Ronnie DeFeo. Após ele ser preso, a casa é posta à venda. Um ano depois, um casal compra e se muda com seus três filhos pequenos. Passaram apenas 28 dias na residência, vítimas de aparições, e toda [má] sorte de fenômenos paranormais e demoníacos. Um padre que tenta ajudar a família, também se vê envolto nesse terror. Segundo dizem, o rapaz que matou os pais e irmãos dizia ter ouvidos vozes que o mandaram matar. Essas mesmas 'vozes' estariam tirando a sanidade da família Lutz ao longo das semanas, e eles acabam por deixar tudo pra trás para não acontecer com eles um destino semelhante aos moradores antigos...Também foi adaptado para o cinema, inclusive numa versão mais recente. Tem resenha dele aqui. 


Não poderia faltar Stephen King na minha lista, e possuo cinco títulos dele [apenas um não lido]: Carrie, O cemitério, O iluminado, Christine e A hora do lobisomem. O primeiro fala sobre uma jovem criada por uma mãe fanática religiosa, que desperta poderes de telecinesia. Ela é vítima do famoso bullying na escola, e durante um baile, alguns alunos aprontam com ela... Não foi uma boa idéia... 
Temos O cemitério, que fala sobre uma família que se muda para uma casa de frente a uma movimentada rodovia. O pai é médico e perdeu um paciente recentemente. Tendo sonhos com o morto, ele acaba indo parar no cemitério indígena que se encontra além dos limites de sua propriedade, onde ele tinha descoberto a pouco tempo que havia um cemitério de bichos. Quando o gato da sua filha morre atropelado, ele tem a infeliz ideia de enterrá-lo na terra maldita e o gato volta... mas não da maneira que era quando vivo... 
O iluminado é sobre Jack Torrance, um escritor que vai com sua mulher e filho passar uma temporada de inverno num hotel, O Overlook, a trabalho, e aproveita para tentar escrever um livro. Mas coisas estranhas acontecem naquele hotel, e isso está afetando a mente de Jack, enquanto seu filho é testemunha de fatos bizarros que aparecem nos quartos do hotel... 
Christine é o nome de um Plymouth ano 58, comprado por Arnie, que é apaixonado por Leigh, a aluna novata que chega ao colégio da pequena cidade de Pittsburg. O que ninguém poderia imaginar é que Christine adquire vida própria [embora muitos pensem que é apenas a imaginação tomando asas...] Mas aí, começam a morrer pessoas, Christine está viva...
E por último, mas não menos importante dos livros King, temos A hora do lobisomem. A cada lua cheia, uma pessoa morre na cidade de Tarker's Mills, ao norte do Maine, nos EUA. A Besta mata a cada ciclo da lua, e parece ser algum habitante da cidade. Marty, um menino que usa cadeira de rodas, descobre a identidade do lobo. E agora corre um sério risco de vida, após ter ferido o olho da fera... Mas ninguém acredita nele... 



E para encerrar minha lista enorme de livros de terror, apresento a vocês duas obras pernambucanas: Histórias medonhas d'O Recife Assombrado e Grandes mistérios d'O Recife Assombrado, ambos de Roberto Beltrão, publicados pelas Edições Bagaço. São dois livros de causos e lendas pernambucanas, de assombrações que permeiam o imaginário do povo da minha terrinha. Existe um blog que vocês podem acessar pra conhecer melhor do que se trata o conteúdo. Mas posso dizer que os contos são assustadores, e eu, que li em madrugadas frias com chuva caindo lá fora, fiquei impressionada e temerosa... É uma boa oportunidade de vocês conhecerem A perna cabeluda que assombra os passantes recifenses, A galega de Santo Amaro"Cumade Fulozinha"Virgínia e também conhecer um pouco dos antigos casarões que embelezam a parte velha da capital pernambucana... A paisagem do Recife de outrora, mesclada com o urbanismo moderno dos anos atuais... 


"...Ao caminhar pelos corredores escuros, viu o que não queria: vultos translúcidos apareciam de repente e lhe atravessavam o caminho. Formas difusas percebidas pelo canto do olho, à espreita de uma vítima distraída. Fantasmas saídos de um pesadelo de criança."
Então é isso. Espero que tenham apreciado o post. As imagens das capas foram retiradas do google e são as mesmas capas das edições que possuo. Que o Halloween de você tenha sido maravilhoso, com muitas gostosuras e travessuras... 



minha coleção "terror"...