28 dezembro 2013

Livro em Pauta: O sabor agridoce de Amaríssimo, de Clarice Paes

Delicado, sentimental e lírico. Essas são as três palavras que eu escolho para introduzir Amaríssimo (editora Ocelote, 2013, pág. 120), livro de estreia da jovem Clarice Paes. Estudante de Letras na UNICAMP, Clarice traz na bagagem poemas classificados em concursos de todo o país, além de publicações em coletâneas e antologias. Em 'Amaríssimo', o leitor tem contato com uma seleção de contos que trazem como tema o sabor agridoce do amor e suas diferentes sensações.

De forma suave, a autora conta a história de protagonistas que tentam se encontrar dentro de suas próprias felicidades e ilusões, muitas vezes camuflando dor em silêncio. O processo de transformação é o elemento chave de ligação entre as narrativas, tornando os conflitos interiores vividos pelas meninas-mulheres (ou seriam mulheres-meninas?) em um caminho para as explosões incontidas dos momentos finais. As palavras de Clarice acompanham a transição das etapas e dos amores, como se os enredos fossem depoimentos escritos na areia da praia em movimentos de criação e desconstrução.

Assim como na música Bitter Joy, da banda finlandesa Charon, há uma "amarga alegria" presente em todos os contos, o que faz do olhar da jovem escritora um caminho ainda mais cheio de personalidade. Outro detalhe interessante tem relação com as referências pertencentes ao mundo dos desejos da autora, e espalhadas no decorrer de todas as histórias, como as menções à groselha, groselha com açúcar, mar, sabores, calores, Beatles e silêncios.

Clarice Paes em sessão de autógrafos
Destaque também para o projeto gráfico caprichado, com uma capa bonita e ótima escolha de cores! Minha única observação é direcionada para a revisão do texto, que deixou escapar algumas falhas de digitação, mas sem comprometer o resultado final.

A iniciativa da editora Ocelote  acertou a mão em apostar no talento de novos autores. Amaríssimo vale a recomendação de leitura e Clarice, pela sua docilidade e percepção, já conquistou lugar na estante do Dose Literária.