02 fevereiro 2014

Evangelhos apócrifos, crimes e uma caçada misteriosa... Manuscritos do Mar Morto, de Adam Blake...





Lançado pela Ed. Novo Conceito em Agosto de 2013, o livro Manuscritos do Mar Morto foi escrito por Adam Blake, pseudônimo do autor Mike Carey, britânico conhecido por ser o criador da série em quadrinhos de X-Men e Quarteto Fantástico. Partindo daí e de uma sinopse que promete um suspense à la Código Da Vinci [que morro de vontade de ler porque gostei do filme], resolvi ler Manuscritos. O livro veio num kit muito bonito: uma caixa toda decorada, marcador de página e crucifixo de madeira. É composto de 477 páginas e realmente a história tem elementos de suspense que me deixaram intrigada.





A história se passa em locais diferentes que mais a frente do livro acabam se 'encontrando'. Inicialmente um desastre de avião onde todos os seus ocupantes morrem é anunciado numa cidade do deserto americano. O que parecia ser uma fatalidade 'corriqueira' acaba tomando proporções maiores posteriormente... Depois somos redirecionados na trama para a Inglaterra, onde a policial Heather Kennedy recebe um caso de rotina, onde um professor de história foi encontrado morto numa universidade, provavelmente num acidente sem maiores deduções. Mas a policial acaba descobrindo que a morte pode não ter sido acidental, e sim um homicídio, mas os indícios que a levam a tomar esse conclusão são ínfimos. Com a ajuda de seu parceiro Chris Harper, ela se aprofunda numa investigação que a leva a manuscritos que o professor estava traduzindo junto com alguns colegas do meio acadêmico, a um fórum na internet sobre paleografia e escrita antiga e depois a mais uma série de assassinatos.

Numa terceira parte do livro, conhecemos Leo Tillman, um mercenário que está há 13 anos procurando por sua esposa e filhos desaparecidos. A pessoa que está por trás do sumiço de sua família está no encalço de Tillman [ou seria o contrário], e os capítulos do livro são alternados ora em Tillman, ora em seu misterioso alvo... 

Depois que o destino coloca Tillman e a policial Kennedy no caminho um do outro, os elos começam a se formar. O acidente de avião, a família desaparecida do mercenário e as mortes envolvendo os acadêmicos que estavam trabalhando na tradução de um antigo manuscrito do Mar Morto se revelam como partes do mesmo mistério. Correndo contra o tempo a fim de salvarem suas vidas, prenderem os culpados e proteger quem ainda sobrou vivo que pode desvendar a história, eles se unem a fim de resolver essa investigação. Mas na verdade, os responsáveis por essas mortes são uma organização que vem 'trabalhando' na penumbra desde os primórdios da Era Cristã. E essa organização vai 'silenciar' quem se colocar em seu caminho...

De forma geral, a obra me agradou, tanto pela história como pelo decorrer de seus acontecimentos. O livro tem vários elementos que me atraem, Historiadores, manuscritos antigos, seitas religiosas, conspirações e mistérios, investigação e mortes, códices e evangelhos apócrifos, enfim... são assuntos que me instigam. Nos primeiros capítulos eu tive que [re]ler algumas coisas a fim de fixar melhor a história e não me perder, mas depois a leitura flui de forma mais tranquila e o suspense aumenta gradualmente... 

Vale a pena ser lido, principalmente para quem gosta de tramas nesse estilo. Como eu disse antes, se você não se concentrar no início da leitura, vai acabar perdendo um ou outro detalhe importante. Depois a história vai ficando mais quente a ponto de você não conseguir mais parar e desejar ardentemente chegar ao final para descobrir o desfecho, que confesso, foi bom, mas deixa algo em aberto, ao menos na minha opinião... Possivelmente haverá uma continuação pois é o Livro 01. 


Kit do livro...



Manuscritos do Mar Morto
Autor: Adam Blake
Selo: Novo Conceito
Ano: 2013
Edição 1
480 páginas.
Preço sugerido: R$34,90
Ficção, Thriller.