10 novembro 2014

Eu Sou Malala- Malala Yousafzai

Christina Lamb, Companhia das Letras (2013)

Malala ficou internacionalmente conhecida depois do atentado que sofreu pelo grupo Talibã em 9 de outubro de 2012, ao regressar para casa da escola na Província do Vale do Swat no Paquistão.

O nome de sua biografia é a resposta que ela gostaria de ter dado ao terrorista que quase tirou sua vida, quando o mesmo acompanhado de um comparsa parou o veículo escolar e adentrou perguntando pela menina: -"Quem é Malala?"

A história da jovem menina que só queria o direito de estudar é emocionante e inspiradora: Malala apesar da pouca idade é madura, benevolente e põe seus anseios de adolescente de lado em benefício de outras pessoas, o que é uma questão enraizada pela excelente educação que recebeu de seus pais, um professor e uma dona de casa. 

Os conflitos do Oriente Médio são difíceis de compreender e ela tenta o máximo que pode explicar sua cultura e destacar as coisas belas de seu povo, apesar do sofrimento e das privações.

Malala teve sua vida abalada e foi obrigada a mudá-la drasticamente, ainda é alvo de ameaças e provavelmente nunca mais poderá voltar a sua terra; foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz, com o feito inédito de ser a mais jovem na história a ser lembrada. Hoje vive com sua família em Birmingham na Inglaterra e fundou uma instituição em apoio a educação e seu livre acesso que leva seu nome. Sobre o que pensa sobre o futuro declara: "Uma criança, um professor, um livro e uma caneta, podem mudar o mundo"

Pra finalizar, deixo pra vocês, o lindo discurso que Malala fez na ONU.




Post relacionado: