24 abril 2015

Sem desculpas: Aplicativos para escritora e escritor nenhum colocar defeito

O poeta e escritor português Fernando Pessoa expressou no seu famoso "Livro do Desassossego" (título lindíssimo, por sinal): 

"Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes visuais animam, as artes vivas (como a dança e o representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida – umas porque usam de fórmulas visíveis e portanto vitais, outras porque vivem da mesma vida humana". 

Sylvia Plath escrevendo em sua máquina
Esse belo ato contínuo de esquecimento e memória também exige técnica, apuração, organização, tempo e seleção, elementos que podem tirar a paz de muitos escritores iniciantes e veteranos. Pensando nisso, o Dose Literária selecionou alguns aplicativos e softwares muito interessantes para ajudar e estimular a escrita. Vamos conhecê-los: 


Aplicativo que utilizo no meu celular (Android). Extremamente clean, de fácil manuseio, sem muitos recursos de edição ou "bagunças distrativas". Ele é extremamente funcional e serve bem tanto para tomar notas ou escrever textos mais longos (sejam artigos, contos ou até mesmo romances). A filosofia do aplicativo é manter a sobriedade e o layout clean, longe de qualquer distração.


Layout clean, minimalista, apostando na saudosa fonte de máquina de escrever e, assim como o Writer, tem poucos recursos de edição e nenhuma firula. Concentração é a regra para os usuários do IA Writer. Indicado para usuários MacOS (Mac-Ipad-Iphone). 


Popularidade é o outro nome do Evernote. Também utilizo no meu celular e acho o maior barato para anotações. Os recursos que ele disponibiliza permitem localizar documentos em .PDF, copiar uma página inteira da web, adicionar mídias diferentes às notas (áudio, imagens). Ele atende aos sistemas iOs e Android. O aplicativo é muito simples e prático.


Sabe o modelo de fichamento que você aprende na escola e na universidade? Ele está de volta no Storybook. Você pode organizar fichas com cenários, personagens, cenas, enredo principal e secundário, com visualização rápida. Outro detalhe bacana é que cada alteração feita é salva automaticamente. 


Criatividade é a moeda da vez com o Strip Designer. Com ele, você escreve textos que podem ser usados dentro de histórias em quadrinhos. 

 **

Gostou? Você já experimentou algum desses aplicativos e softwares? Conhece outros? Compartilha com a gente nos comentários.