19 janeiro 2016

Os livros favoritos de David Bowie: grandes clássicos em sua brilhante lista de leitura

"Eu sempre tive uma necessidade repulsiva 
de ser algo mais do que humano."
David Bowie

David Bowie / Ziggy Stardust
O eterno camaleão do rock e sua lista de livros

Em 10 de janeiro de 2016, David Bowie faleceu após uma árdua batalha contra o câncer. Bowie foi um talentoso, inovador e controverso cantor britânico e um dos mais reconhecidos de todos os tempos no mundo inteiro. Além de cantor e compositor, David foi também ator, produtor e pintor.

Dentre seus diversos valores está um que poucos conhecem, é até mantido em "segredo": Bowie era um leitor voraz!

Em 2013, ele postou em seu website uma lista de seus 100 livros favoritos com excelentes clássicos da literatura. Essa lista de títulos inclui ficção, drama, ensaios, história, biografias, HQs, não-ficção e outras obras de psicologia e teoria; também inclui obras de homens e mulheres, diversas minorias, autores de diferentes raças e religiões, ou seja, obras do mundo todo.

Os livros favoritos dele são admiravelmente diversos e representam não só seu crescimento individual e reflexões, mas também um honesto e apaixonado desejo de aprender mais sobre pessoas e o mundo. 

Abaixo estão alguns de seus favoritos, inclusive alguns que já comentamos por aqui. A lista completa você pode ver no site oficial.

Eu li apenas cinco desses 47 e você? Quantos livros leu?

  1. Billy Liar (1959) de Keith Waterhouse
  2. Almas em Leilão (1957) de John Braine
  3. Laranja Mecânica (1962) de Anthony Burgess
  4. City Of Night (1963) de John Rechy
  5. Madame Bovary (1856) de Gustave Flaubert
  6. A Ilíada de Homero
  7. Enquanto agonizo (1930) de William Faulkner
  8. Darkness At Noon (1940) de Arthur Koestler
  9. Berlin Alexanderplatz (1929) de Alfred Döblin
  10. Inside The Whale And Other Essays (1940) de George Orwell
  11. Mr. Norris Changes Trains (1935) de Christopher Isherwood
  12. Blast (1914) de Wyndham Lewis
  13. Passing (1929) de Nella Larsen
  14. O estrangeiro (1942) de Albert Camus
  15. Infants Of The Spring (1932) de Wallace Thurman
  16. The Master And Margarita (1966) de Mikhail Bulgakov
  17. The Prime Of Miss Jean Brodie (1961) de Muriel Spark
  18. Lolita (1955) de Vladimir Nabokov
  19. Herzog (1964) de Saul Bellow
  20. Puckoon (1963) de Spike Milligan
  21. Um negro que quis viver (1945) de Richard Wright
  22. O Grande Gatsby (1925) de  F. Scott Fitzgerald
  23. O Marinheiro que Caiu em Desgraça com o Mar (1963) de Yukio Mishima
  24. A terra devastada (1922) de T.S. Eliot
  25. McTeague (1899) de Frank Norris
  26. The Outsider (1956) de Colin Wilson
  27. The Day Of The Locust (1939) de Nathanael West
  28. 1984 (1949) de George Orwell
  29. The Street (1946) de Ann Petry
  30. Last Exit To Brooklyn (1964) de Hubert Selby, Jr.
  31. The Bridge (1930) de Hart Crane
  32. All The Emperor’s Horses (1955) de David Kidd
  33. The 42nd Parallel (1937) de John Dos Passos
  34. Sexual Personae (1990) Camille Paglia
  35. The American Way Of Death (1963) de Jessica Mitford
  36. A Sangue Frio (1965) de Truman Capote
  37. O amante de Lady Chartteley (1928) de D. H. Lawrence
  38. Vile Bodies (1930) de Evelyn Waugh
  39. The Fire Next Time (1963) de James Baldwin
  40. Selected Poems (1974) de Frank O’Hara
  41. Le Chants de Maldordor (1868-1869) de Comte de Lautréamont
  42. On The Road (1957) de Jack Kerouac
  43. Zanoni (1842) de Edward Bulwer-Lytton
  44. The Leopard (1958) de Giuseppe Tomasi di Lampedusa
  45. Inferno (1909-1914) de Dante Alighieri
  46. A Grave for a Dolphin (1956) de Alberto Denti di Pirajno
  47. Journey Into the Whirlwind (1967) de Eugenia Ginzburg

Texto: Adam Burgess 
Tradução e adaptação: Patricia Oliveira