20 fevereiro 2017

Caixa do Correio #32 - Queer, de William S. Burroughs - Cia das Letras

Lançamento de Janeiro / 2017



Recebemos Queer, de William S. Burroughs em parceria com a Companhia das Letras em janeiro.
Confesso que será minha primeira leitura do escritor.  Por aqui o Fabio já resenhou o livro Almoço Nu  (2016) e a Maria Valéria falou de Junky (2013), de Burroughs também publicado pela Cia das Letras. Vocês vão achar várias referencias do escritor no blog porque o pessoal aqui ADORA a Geração Beat.

Eu ainda não consegui adentrar ao universo da Geração Beat, minha tentativa foi com On the Road de Jack Kerouac e foi meio infrutífera, mas agora é minha chance de mergulhar através das escritas subversivas de William.

Sinopse:
Embora tenha sido escrito em 1952, Queer só veio a público mais de três décadas depois por causa de sua explícita temática homossexual. Ambientado na Cidade do México do início dos anos 1950, o romance acompanha William Lee – alter ego de William Burroughs e protagonista dos livros Junky e Almoço nu - durante uma crise de abstinência de drogas, que ele tenta superar com álcool e com uma paixão obsessiva pelo ambíguo e indiferente Eugene Allerton. Juntos, os dois partem para a América Latina em busca da ayahuasca, a nova droga do momento.
A atmosfera frenética e o ritmo alucinado marcam a narrativa e os monólogos do protagonista, antecipando o estilo visceral que estaria presente em toda a produção literária de Burroughs. Este volume ainda conta com a introdução do autor à primeira edição do livro, de 1985.


+ Tem mais sobre o escritor:
- Junky