25 março 2017

Sarau das Pretas

Na última quinta-feira, tive oportunidade de conhecer o Sarau das Pretas no Sesc do Carmo aqui em SP. Fomos ao sarau como conexão com nossa matéria da faculdade Literaturas Africanas Lusófonas, por isso foi uma noite enriquecedora tanto para nosso aprendizado quanto para nossa bagagem cultural, afinal, temos que viver e conhecer o que acontece em nossa cidade / bairro / rua, não é mesmo?

Imagem do site esquerdiario.com.br

O Sarau das Pretas é um coletivo formado por mulheres negras com o propósito de levar a poesia da periferia através de um sarau itinerante, promovendo assim os trabalhos de artistas negras.
Estas poetisas são: Débora Garcia, Jô Freitas, Thata Alves e Elizandra Souza.
O coletivo já está há 1 ano na estrada e no dia 31 de março elas vão celebrar esta resistência com uma super festa no espaço Aparelha Luzia no centro de SP - mais informações aqui

Sarau das Pretas em  "Eu, Tu, Elas" Sesc do Carmo - 23/03/2017


Sarau das Pretas - no Sesc Carmo

A noite começou com uma chuva de pétalas amarelas, com as poetas vestidas de amarelo entoando as canções em homenagem aos orixás do ano: Oxum e Oxossi, referências das crenças de origem africanas. Após a bela apresentação de dança e música com tambor africano jambo executado pela percussionista Taissol Zyggi e as poetisas – o sarau foi aberto.

Thata Alves
As poesias foram recitadas por cada membro do coletivo e o microfone foi aberto ao público. Todos são bem-vindos no Sarau das Pretas, e como disse Débora Garcia - "as palmas são garantidas".
Deusa Poetisa foi convidada a recitar e fiquei muito impressionada com sua poesia forte e sua maneira de recitar. Deusa abrilhantou ainda mais a noite.
Alguns poemas do livro Coroação - Aurora de poemas de Débora Garcia também foram recitados e aproveitei para adquirir uma cópia pra mim (sou dessas, rs).




Farei o possível para comparecer a este evento e espero que vocês consigam ir também ;)